[Crítica] Gravidade

gravity-debris

Assisti nessa semana o drama/suspense Gravidade (Gravity) do mexicano Alfonso Cuarón, vi o filme na sala 4D do shopping JK Anhembi (aqui São Paulo), e vou dar mihhas impressões do filme e da sala.  estreia da semana nos cinemas nacionais.

gravity-alt-poster-doalySinopse Oficial
“Bullock interpreta a Dra. Ryan Stone, uma brilhante engenheira médica em sua primeira missão espacial com o astronauta veterano Matt Kowalsky (Clooney) no comando do seu último voo antes de se aposentar. Mas durante uma aparentemente rotineira operação espacial ocorre um acidente. A nave é destruída, deixando Stone e Kowalsky completamente sozinhos, dependendo um do outro em um ambiente de total escuridão.O silêncio ensurdecedor confirma que eles perderam qualquer ligação com a Terra… e qualquer chance de resgate. Conforme o medo vai se tornando pânico, o oxigênio que resta vai sendo consumido desesperadamente.E, provavelmente, o único jeito de ir para casa seja encarar a imensidão assustadora do espaço. “

O roteiro é excelente, apesar de bombar pela web artigos falando sobre os erros científicos do longa, não há nada que te faça deixar de saborear o filme, os diálogos são bem colocados, assim como as situações de clímax. A melhor habilidade da direção aqui é te colocar na pele do personagem,  o expectador fica sem fôlego e o recupera com os personagens, o que torna o filme muito mais intimista e pessoal.

GRAVITYElenco
No longa Cuaron aposta em um elenco reduzido, apenas Bullock e Clooney dão as caras, ambos estão excelentes nos papéis,  Clooney faz o piloto Cowboy, com sua maneira descontraída e Bullock segura muito bem o núcleo dramático do filme.

Trilha Sonora
O filme mescla muito bem elementos como som e silêncio,  o que ajuda nos momentos de tensão e suspense. Musicalmente discreto, o que casa bem com o estilo do filme, mas infelizmente sem faixas marcantes.

Efeitos especiais e 3D
Bem, estamos no espaço e um grande trunfo do filme é te convencer disso, com a escuridão  e paisagem bem definidas, é realmente possível crer que estamos fora do planeta. O 3D ajuda a inserir o expectador na história e é perfeitamente justificável em grande maioria das cenas, como durantena chuva de resíduos espaciais.

4D
Finalmente vou falar sobre o 4D, as salas 4D do JK Iguatemi são equipadas com assentos móveis, canhões de vento, canhões de fumaça, jatos de água e luzes de efeito a sala ajuda ainda mais ao expectador entrar no filme. Durante os momentos de movimentação os assentos se movem, acompanhando a câmera,  uma excelente experiência foi durantenuma turbulência ni filme, no assento se movendo freneticamente, os a fumaça invadindo a sala durante um incêndio.
Imaginei outros filmes, com uma diversidade maios de ambientes na sala e deve ser fenomenal. Se você quiser gastar mais e ter uma experiência única,  é uma boa ideia, mas eu pessoalmente recomendo que veja nessa tecnologianoutri filme, caso não pretenda repetir tão logo a experiência.

Enfim, com um elenco mínimo mas brilhante, o filme conseguiu me prender do início ao fim, e cativar, mas no entanto devo admitir que não é um filme para qualquer um, se busca ação desenfreada ou grandes alívios cômicos, guarde seu dinheiro, agora se quiser ter uma experiência intimista, perder seu fôlego e saber como é passar por maus bocados no espaço sideral, assista e pelo menos em 3D.

Gravidade
Ano: 2013
Direção: Alfonso Cuarón
Elenco: Sandra Bullock, George Clooney
Duração: 91 minutos
Nota: 8,5

Anúncios

Uma resposta para “[Crítica] Gravidade

  1. “O silêncio ensurdecedor” – > Excelente expressão!
    Ótimo texto, Muller! Já estava querendo assistir, agora estou totalmente convencido. Esse filme é exatamente para o meu perfil, não que eu não goste de ação também, mas curto muito esses filmes mais contidos. Já assistiu Lunar (Moon) é ótimo também. E engraçado ver o Clooney novamente num papel “série” e de Ficção Científica, tenho aqui o DVD daquele remake do filme Solaris, é legal até. Valeu!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s