[Crítica] Sequestro no Espaço

Lockout vilain

A sonoridade do título nacional do último filme produzido por Luc Besson é sofrível, mas Sequestro no Espaço (Lockout) é um ótimo filme de ação que traz uma história bem simples e não decepciona os fãs do gênero.

Lockout movie posterSnow (Guy Pearce) é um cara que foi acusado injustamente de traição pelo governo americano. Mas para seu azar, o filme se passa em um futuro (2079) em que os piores detentos da America ficam confinados em uma prisão espacial chamada de M.S. One. Além do fato de ficar em órbita da Terra, outro fator que impede a fuga de prisioneiros é que todos são mantidos em êxtase, num processo de criogenia semelhante ao mostrado no filme O Demolidor, clássico dos anos 90 protagonizado por Silvester Stallone. Só que a M.S. One é investigada pela suspeita do sistema de êxtase causar anomalias aos cérebros dos presidiários, o que causa mal estar em diversas organizações humanitárias. Encabeçando uma comitiva pacifica que visa averiguar esses problemas está Emilie Warnock (Maggie Grace) a filha do presidente dos EUA, que vai pra entrevistar pessoalmente algum criminoso e reportar a situação.

Como era de se esperar uma revolta acontece (iniciada de forma bem estúpida) e os criminosos tomam a M.S. One, e na terra propõe a Snow que resgate a filha do presidente em troca da anulação de sua pena. Sim, com certeza todos nós já vimos esse roteiro antes, o que não quer dizer que não valha o seu tempo na poltrona.

Sequestro no Espaço

Temos duas formas de assistir esse filme. Ou você aproveita as ótimas cenas de ação em ambiente fechado e se diverte com o protagonista cheio de frases de efeito, ou fica procurando erros na física e na computação gráfica. O começo do filme até me incomodou por isso, não fazem questão de ambientar o expectador naquele futuro e as cenas durante a cidade são rápidas e com uma computação gráfica nada convincente. Snow pilota uma moto futurista e é perseguido pro helicópteros que o alvejam de misseis e tiros, mas infelizmente a sequência usa uma CGi que parece saída o início do Playstation 2, e não de um filme produzido em 2012 ! Eu estava pronto para desligar a TV mas assim que se inicia a trama na orbita terrestre, Sequestro no Espaço se tornou outra coisa pra mim. Diálogos bem diretos, muito plano fechado, tiroteios, explosões, e praticamente nenhum momento de respiro para o expectador até os minutos finais da película. Na verdade no primeiro arco já podemos identificar bem todos os personagens e até prever qual o desfecho da trama, o que não é ruim, as vezes é bom ver um filme que apenas diverte e não propõe nenhuma discussão aprofundada sobre nada. Alguém pode até filosofar sobre os direitos humanos dos presidiários ou até onde vai o poder de nossas forças de proteção, mas de nenhuma forma esse filme tenta se “sério” a respeito.

E pra não dizer que não comentei as atuações, mal me lembro de Guy Pearce como herói de ação, mas aqui ele provou que é perfeito representando badass motherfucker, mesmo com toda sua canastrice. Já Maggie Grace cumpre bem o papel de mocinha indefesa fazendo suas caras e bocas, mas podiam colocar qualquer outra modelo ali que não faria diferença. Já os vilões estão ali apenas para serem bucha de canhão, o mesmo vale pra alguns coadjuvantes de propósitos dúbios na trama…você não vai se lembrar deles depois dos créditos.

Se você estiver caçando uma diversão descompromissada e ver esse filme na locadora, pegue sem medo.

O nome de Besson na capa do filme me fez assisti-lo, já que se fosse considerar os diretores eu teria passado batido pois só trabalharam em curtas e produções pra tv. Aliás, esse filme passou nos cinemas daqui ?

Sequestro no Espaço
Ano: 2012
Direção: James Mather e Stephen St. Leger
Elenco: Guy Pearce, Maggie Grace, Vincent Reagan, Joseph Gilgun
Duração: 95 minutos
Nota: 7

Anúncios

2 Respostas para “[Crítica] Sequestro no Espaço

  1. Valeu a dica! Achei bem inusitado este filme, assim como a dobradinha Luc Besson + Guy Pearce! É de um filme assim que estou precisando mesmo! Sei que a trama é bem manjada, mas a primeira coisa que me veio em mente foi Fuga de Nova York!

    PS: Passou em qual canal? Se tiver reprise, vou assistir 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s