[Crítica] Redline

redline-anime-[1]

As vezes eu quero ver simplesmente uma produção bem animada com alguma história rasa e bem dirigida, pra ter lá meus 90 minutos diversão e depois ir fazer outra coisa. E por tudo isso e um pouco mais que resolvi assistir Redline, filme frenético e mega-colorido lançado em 2009 pela Madhouse, dirigido por um dos responsáveis por Animatrix e Afro Samurai. Se você gosta de corridas alucinantes e malucas, tem a obrigação de ler essa postagem e depois ir atrás desse filme.

The-new-Bomb-in-anime-REDLINE-YOU-MUST-SEE-IT-anime-26875550-220-330[1]Em um futuro qualquer, Sweet JP (ou JP “Suave” na tradução) é um dos pilotos mais oldschool que existem: tem visual de motoqueiro, topete de Elvis, e é o único a pilotar um carro de corrida com rodas, pois não é muito chegado em motores anti-gravitacionais. Seu carro é um Trans-Am com o motor mais envenenado de nitro que já se viu, capaz de superar a velocidade dos bólidos mais modernos. Durante uma corrida classificatória chamada Yellowline, JP quase adversários tecnologicamente superiores, mas é impedido por um acordo que seu amigo Frisbee tinha com a máfia. Após um acidente inacreditável JP quase abandona as corridas, mas devido ao apelo dos fãs ele consegue uma vaga na Redline, uma prova muito maior e mais perigosa a ser disputada em Roboworld, planeta dominado por ciborgues que não querem que a competição seja realizada lá.

Agora Sweet JP irá correr num dos lugares  mais perigosos da galáxia, fazer os aliados mais improváveis e de quebra reencontrar o grande amor de sua vida, a bela piloto Sonoshee McLaren.

redline anime wallpaper[1]

Os orientais tem um industria de animação fortíssima e são insuperáveis na qualidade de seus longa metragens 2D,  tradição que foi abandonada no ocidente com o advento dos filmes em CGI. Redline tem um estilo gráfico muito interessante, com todos os elementos desenhados com linhas grossas e movimentos constantes, é difícil ver algum quadro estático na tela. Ao mesmo tempo que usa cores fortes (as vezes gritantes), também fazem um belo contraste com o preto que me fez alusão direta à uma “história em quadrinhos animada”.

Quanto a história, ela flui muito bem. Só que as vezes se perde em algumas subtramas e certos elementos dramáticos que quebram a adrenalina das corridas. Mas admito que fiquei tão maravilhado com a quantidade de quadros de animação do filme e as cenas de corrida, que só fui ligar mesmo para as partes “lentas” na segunda vez que assisti o filme. Com certeza Redline é ótimo pra ser visto na maior tela possível, e com o som no talo durante as corridas !

 

Me diverti muito com esse filme e mesmo sabendo que a Madhouse dificilmente voltará a esse universo, penso como seria legal ver uma continuação de toda essa loucura.

Redline
Direção: Takeshi Koike
Estúdio: Madhouse
Ano: 2009
Duração: 102 minutos
Nota: 9
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s