Revolution

O mundo não vai acabar num diluvio bíblico ou no Apocalipse Maia, e sim quando alguém ou alguma coisa nos privar de nosso maior triunfo: a tecnologia.

Revolution mostra o que acontece com a humanidade após uma pane total em todos os sistemas que dependem de eletricidade ou qualquer tipo de tecnologia moderna. Aviões, celulares, carros, computadores, tudo se desliga sem aviso e ninguém sabe resolver o problema, causando o fim do mundo como o conhecemos. 15 anos depois, os EUA retornaram a um estado quase medieval, dominado em parte por uma milícia armada que oprime a população civil, e do outro lado um grupo de revolucionários que tenta retomar o país.

No primeiro episódio conhecemos a história da garota Charlie Matheson (Tracy Spiridakos), que teve seu pai assassinado pela milícia  e que agora busca a ajuda de seu tio Miles (Billy Burke), um ex-oficial da marinha com extrema habilidade em…matar pessoas. Juntos a dupla vai em resgate do irmão de Charlie que está sob custódia da milícia, ao mesmo tempo que fica claro para o espectador que o colapso da tecnologia ocorrido a 15 anos atrás pode não ter sido acidental.

Produzida por JJ Abrams (Lost, Star Trek) e dirigida por Jon Favreau (Homem de Ferro 1 e 2), Revolution é uma das grandes estreias do ano, embora tenha vindo aqui para o Brasil sem muito alarde. Com a premissa simples, os primeiros episódios são certeiros em ambientar o espectador nesse mundo “pós-apocalíptico” de acordo com a visão dos personagens.Como exemplo máximo temos a protagonista Charlie, que por ser criança na época do apagão, cresceu totalmente ambientada nessa nova realidade. Pra ela é comum saber caçar seu alimento para continuar viva, enquanto para outros mais velhos o mundo é um inferno ! O que não quer dizer que não existam predadores (muito) mais perigosos que ela em todo o país, uns buscando apenas continuarem vivos, outros querendo controlar tudo, e uma minoria que acredita no reestabelecimento da sociedade para algo mais próximo do que tinham em suas vidas pregressas.

A série Revolution é exibida aqui pelo canal Cinemax, e lá fora já garantiu sua temporada completa. Não acredito e nem gostaria que ela durasse muitas temporadas, mas pelos primeiros episódios se mostrou um programa muito promissor, tanto pela direção quanto pelos excelentes personagens. Assistam o quanto antes !

http://www.hbomax.tv/revolution/

Anúncios

3 Respostas para “Revolution

  1. Não tinha visto essa matéria aqui no Positroniko, mas coincidentemente baixei os primeiros eps. nesse feriadão e assisti 3. A minha expectativa era maior, tenho que confessar… As cenas do primeiro ep., principalmente as de luta, até que foram bem feitas, mas as dos capítulos seguintes me pareceram um pouco mal coreografadas. A iluminação da série me incomodou um pouco tmb, achei ela mto “clara”. Mas de certa forma a ambientação está realmente bem-feita (falando de cenários e tals), mas o que acho forçado são os closes em coisas pra demonstrar que estão num futuro apocalíptico, tipo o close no carro que virou uma horta, não precisa disso, a direção poderia ser mais focada nos personagens e deixar essas coisas aparecerem como complemento. Mas eles conseguem manter um certo clima de suspense com aquele pendrive-amuleto e espero que melhore nos próximos eps.

  2. Eu não tinha expectativas nessa série Diego, acabei me interessando pela premissa que me lembrava alguns filmes oitentistas.

    Mas quanto a detalhes de producao eu nem me preocupo tanto, desde que a história mantenha o nivel de qualidade e não encham muita linguiça…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s