Ripley’s Power Loader

Tendo gostado ou não de Avatar, nenhum fã de ficção pode negar o quão divertida foi uma das batalhas finais entre Jake Sully e o Coronel Miles Quaritch pilotando seu Amp Suit MK6, um traje mecanizado digno do War Game Battletech e do livro Starship Troopers… e automaticamente me fez lembrar de uma batalha semelhante em outro filme de James Cameron: Aliens, o Resgate.

Cinquenta e sete anos após os eventos na Nostromo, a tenente Ripley acorda de uma hibernação involuntária apenas para descobrir que o planeta onde encontraram o alienígena de baba ácida foi colonizado por humanos. Mas se no filme de Ridley Scott o que predominava era o terror claustrofóbico, onde cada corredor da nave mineradora escondia uma possível morte assustadora, James Cameron transformou (para alguns melhorou a franquia) a segunda película num filme de ação frenético, transformando Sigourney Weaver numa equivalente aos heróis brucutus da década de 80. Mostrando-se muito mais habilidosa que todos os homens do planeta, Ripley derrota praticamente sozinha todas as criaturas com uma metranca na mão e uma crianca na outra.

Então vamos ao que interessa: o móbile suit que Ripley usa pra derrotar a Rainha Alien no final do filme, chama-se Caterpillar P5000 (Powered Work Loader, mais conhecida como Power Loader) nada mais é que um exoesqueleto-empilhadeira muito estiloso. Tendo em destaque a cor amarela típica de maquinas feitas pra carga e descarga de mercadorias pesadas, bem como aquelas faixas zebradas e um giroflex na parte superior, fica clara a referencia. É um traje amplificador de força, sendo mais prático e rápido que uma empilhadeira convencional do século XX, permitindo ao usuário também mais mobilidade e alcance. E depois de matar aliens de diversas formas, esse equipamento torna-se a única forma de Ripley se equivaler em força e velocidade a gigantesca rainha dos aliens.

Um paralelo interessante entre Aliens e Avatar é a mudança de lados, ou melhor dizendo, a mudança de ângulos em que o roteiro se ampara. No primeiro, a soldado utiliza uma maquina que teoricamente não teria aplicações bélicas pra combater uma criatura alienígena assassina. No segundo, o papel se inverte e o “bonzinho” é o alien, lutando contra um maníaco opressor trajando um exoesqueleto de combate. Mas notem que nos dois casos, o ser humano é o invasor que por um motivo ou outro foi perambular pela galáxia e apesar da tecnologia a avançada precisou se equivaler de instintos básicos de sobrevivência pra continuarem na trama. Vejo o Amp Suit de Avatar como um boost maligno do simpático Power Loader, que tem aparência tão simples que até cosplays dele já fizeram.

Não sei a que pé estava a robótica nos anos 80 quanto a essa tecnologia, ou mesmo se o designer do Power Loader fez um exercício de futurismo criando esse traje com funções laborais. Mas em 2009 a Activelink anunciou que está trabalhando em um projeto semelhante ao clássico Power Loader, que seria comercializado apartir de 2015 ! O exo-suit será utilizado em fábricas e no auxilio a áreas atingidas por desatres naturais.

Fico pensando se em alguns anos esse traje não vai ser usado para o mal… quem aposta no contrário ?

Anúncios

4 Respostas para “Ripley’s Power Loader

  1. Sempre surpreendendo com a qualidade dos posts! Gosto tanto do Alien, quanto de Aliens – O Resgate, acho que cada um tem sua proposta e foco, mas ambos são ótimos filmes e já estão na minha coleção. Mas realmente a cena do Power Loader é icônica: a começar por aquela luz passando do Giroflex (caralho, que nome estiloso para essa “sirene” heheh) enquanto a porta sobe.

    A comparação com Avatar foi mais do que pertinente, desde que vi as primeiras imagens, fiquei ligadão nos Amp Suits. E no Cinema enquanto todos suspiravam dizendo que queriam morar em Pandora, eu só tinha lembranças das cenas de ação do Coronel Miles! Filme é filme, não sou obrigado a ficar sempe torcendo para o mocinho 😛

    E ficou muito foda esse Power Loader que esse fã fez!!!

    http://www.jalopnik.com.br/conteudo/como-construir-sua-propria-armadura-power-loader-do-filme-aliens

  2. Eu gostei muito de Avatar, achei o design daquele mundo legal pra cacete, foi o que me conquistou… mas mil vezes pilotar um mech do que virar um índio gigante azul com usb no cabelo.

  3. SUPER POST!!
    Sim também sou um daqueles que concordam que o Cameron melhorou o conceito de Aliem fazendo uma heroina para marmanjo nenhum botar defeito!
    Sigourney Weaver está pau a pau com Stalone, Schwarzenegger e tantos outros caras durões e isso nos anos oitenta época infestada de heróis e anti-heróis masculinos, revolucionário!
    Curti muito a análogia e comparação feita com Avatar, realmente é algo interessante e intrigante como as circunstâncias e a forma que as coisas são colocadas mudam totalmente o ponto de vista de quem é herói ou vilão!
    E se tiver alguém que no futúro queira utilizar esse traje para o mal, guerreiros se levantarão para usa-lo para o bem!
    Eu sou um deles XD!

    Ótimo Post!!

  4. Pode crer, o Cameron inovou isso, no filme “O Segredo do Abismo”, a protagonista também é uma mulher e entre os gamers há o consenso que Samus de Super Metroid foi inspirada por Rypley!

    Sem contar que Sigourney Weaver também aparece em Avatar, fazendo esse link com Aliens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s